Cogumelos comestíveis: conheça os tipos encontrados no Brasil e como utilizar em receitas

raw mushrooms in bowl, mushrooms redy for cooking

Os cogumelos são alimentos delicados, porém poderosos e versáteis. Contam com um alto teor de proteínas, são também excelentes fontes de fibras e uma excelente opção para variar nas receitas do dia a dia.

Os cogumelos fortalecem o sistema imunológico, por serem ricos em vitaminas do complexo B e selênio, melhoram a saúde óssea por conta da vitamina D e do fósforo e previnem anemias, graças às vitaminas do complexo B, do ferro e de alguns minerais, como potássio, cobre e zinco.

Leia também – Além do vinagrete: veja como preparar molhos que combinam com seu churrasco

Eles têm, ainda, antioxidantes, propriedades anti-inflamatórias e são ricos em betaglucana, uma fibra solúvel que ajuda contra doenças do coração.

As quantidades de cada um desses nutrientes vai variar de acordo com o tipo de cogumelo e o solo onde foi cultivado. Mas, em geral, todos eles possuem essas propriedades nutricionais em maior ou menor quantidade.

No mundo existem milhares de variedades de cogumelos, mas normalmente encontramos algumas variedades específicas nos mercados. Aqui no Brasil, os mais consumidos e fáceis de encontrar nos mercados são:

 

  • Cogumelo paris ou champignon –  é o tipo mais conhecido e mais utilizado, rico em vitamina B5 e B12, fósforo e fibras que ajudam no controle do colesterol e previnem doenças intestinais.

 

  • Portobello – tem tonalidade escura e é maior do que os outros, mas sua textura é um pouco mais dura, chegando a ser fibrosa. É rico em vitaminas B2 e B3 e pode ser preparado cozido, grelhado ou refogado.
  • Shiitake – popularizado pela culinária oriental no Brasil, é encontrado com facilidade em diversas receitas. 
  • Trufa – diferente dos demais cogumelos da lista, as trufas nascem embaixo da terra. A coleta é complexa, pois elas só têm valor se retiradas do solo sem danos. Existem três tipos: a branca, a negra e a de verão.
  • Shimeji – é rico em fósforo, magnésio, vitamina B3 e potássio, sendo um ótimo aliado no controle da pressão arterial.

 

 

Dicas 

  • Não lave os cogumelos com água, eles são como esponjas e absorvem todo o líquido. Limpe-os com papel ou um paninho úmido;
  • Se você for refogar, sempre corte os cogumelos em pedaços menores, assim eles vão soltar mais sabor e aroma;
  • É importante também atentar-se para a data de colheita e validade. Os cogumelos duram até uma semana depois de colhidos;
  • Na hora da compra, se houver água na bandeja com os cogumelos, é sinal de que eles não estão bons para o consumo.

Receitas

Os cogumelos podem ser feitos grelhados, fritos, assados e refogados, e podem ser combinados com vegetais, carnes, queijo, macarrão e o que mais sua imaginação permitir.

O De Bem Com a Comida traz aqui algumas sugestões de receitas fáceis feitas com cogumelos para abrir novas opções de pratos em seu cardápio da semana.

Shimeji na manteiga

Ingredientes

  • 200 g de shimeji
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
  • 2 colheres rasas de molho shoyu
  • Cebolinha picada a gosto

Modo de Preparo
Em uma frigideira, em fogo alto, derreta a manteiga sem queimar. Quando estiver quente, jogue os cogumelos e deixe dourar. Acrescente o molho shoyu e mexa até que os cogumelos estejam bem misturadinhos ao molho. Deixe o shimeji cozinhar no molho, por uns 3 a 5 minutos. Nesse momento, reduza o fogo para que o caldinho não seque e acabe queimando. Retire a frigideira do fogo. Sirva o shimeji com cebolinha por cima.

Risoto de filé mignon e shitake

Ingredientes

  • 1,5 litro de caldo de legumes
  • 1 colher de manteiga
  • ½ cebola picada
  • 150 g de filé mignon em cubinhos, temperado com antecedência de pelo menos 1 hora
  • 1 xícara de arroz carnaroli
  • 2 colheres de cheiro-verde
  • sal e pimenta 

Modo de preparo

Refogue a cebola na manteiga sem deixar dourar, apenas para murchar, junte a carne e mexa até dourar. Junte o arroz e misture bem. Adicione uma concha do caldo e mexa sem parar até quase secar. Repita essa operação, concha por concha, até o arroz ficar bem macio. A quantidade de caldo usado pode variar dependendo da panela usada e do fogão. Misture o shitake, adicione cheiro-verde. Corrija o sal, polvilhe pimenta-do-reino e sirva ainda quente.

Pappardelle ao molho de cogumelos

Ingredientes:

  • 50 g de funghi (cogumelo desidratado de sua preferência)
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 colheres de manteiga
  • Sal e pimenta a gosto
  • Temperinho verde a gosto
  • 3 colheres de requeijão
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 400 g de massa pappardelle
  • 1 taça de vinho branco seco
  •  Água quente para hidratar os cogumelos

Modo de preparo

Acrescente água quente em uma tigela até que os cogumelos fiquem cobertos e deixe-os hidratando por cerca de 30 minutos. Retire-os da água e corte-os em tiras. Reserve a água também. Em uma panela média, refogue a cebola e o alho. Acrescente o funghi e deixe cozinhar bem. Adicione o vinho branco seco e um copo da água que o funghi ficou hidratando. Deixe cozinhar por mais alguns minutos. Acrescente o requeijão e deixe encorpar. Corrija o tempero com sal e pimenta a gosto. Desligue o fogo e coloque o creme de leite. Finalize com temperinho verde. Cozinhe a massa da forma como preferir e sirva com o molho.

Mais conteúdos

chef flambando

A arte de usar bebidas alcoólicas para flambar

Flambar é um procedimento de cozimento no qual álcool é adicionado a uma panela quente para criar uma explosão de.

aligot

Conheça o Aligot, o purê chic que é uma explosão de sabor

O Aligot é uma especialidade gastronomia francesa que consiste em um purê de batatas mesclado com muito queijo, formando consistência.

bisteca-fiorentina

A venerada Bisteca Fiorentina

A Bistecca alla Fiorentina é um prato típico da Itália, da região de Toscana, onde é venerada. Seu preparo é.

arroz tio joão

Arroz soltinho e saboroso? Veja porque começa no campo

Para um arroz de alta qualidade, o planejamento acontece do campo à mesa para garantir uma qualidade superior, até chegar.

Pão de alho: casquinhas crocantes e recheios cremosos para seu churrasco

O pão de alho é um acompanhamento que faz muito sucesso em churrascos. É possível fazer versões caseiras extremamente gostosas

Ouro da cozinha: as principais especiarias nativas do Brasil

Especiarias nacionais são frutos, raízes e sementes aromáticos. As especiarias possuem um papel fundamental na gastronomia no mundo todo