Cozinha também é lugar de criança: veja os benefícios que isso traz para os pequenos

crianças na cozinha

Aproximar as crianças da culinária ajuda a mantê-las ocupadas em uma super atividade que une diversão e aprendizado. Estar na cozinha pode criar novos hábitos alimentares e influenciar como elas se alimentarão no futuro.

É necessário garantir que cada menina ou menino fique responsável por executar alguma tarefa individualmente, de tal forma que as crianças comecem a fazer essas tarefas sob supervisão para que aos poucos consigam executar as ações de forma independente.

Leia mais: Conheça um pouco mais sobre a jabuticaba, a querida da época

Estar na cozinha desde cedo pode também fortalecer os laços entre a família, como conta o vencedor do MasterChef Junior Lorenzo Ravioli. “Por minha família ser italiana, sempre tivemos o costume de estar todos juntos na cozinha, dividindo as tarefas e conversando. Acredito que isso influencie nossa união”, afirma.

O jovem chef diz que sempre participou dos momentos na cozinha, mas fez seu primeiro prato “sozinho” (com ajuda de um adulto supervisionando) aos 7 anos: um molho de tomate. Essa receita foi fundamental em sua trajetória com a culinária. 

Lorenzo decidiu seguir na carreira de cozinheiro inspirado em membros de outras gerações de sua família, que tem restaurantes e o incentiva cada vez mais. 

Trazer as crianças para ajudar no preparo dos alimentos não é importante apenas para ensiná-los a cozinhar, mas também traz vários benefícios cognitivos.

Benefícios 

Uma pesquisa da Universidade de Alberta, no Canadá, mostrou que estimular uma criança a participar da produção de um prato, da escolha do cardápio, da compra dos ingredientes e do preparo da receita é a melhor forma de fazer com que ela se alimente bem. E há ainda outros benefícios: 

Desenvolve noções de matemática: a criança pode contar os ingredientes, desenvolver noções de quantidades, formas e volumes.

Estimula o trabalho em equipe: o pequeno aprende a dividir tarefas e assumir responsabilidades, além de perceber a importância de cada um no conjunto da obra.

Desenvolve a coordenação: o bebê pode segurar alguns ingredientes. Conforme cresce, o pequeno já consegue separar itens, misturar com a mão e, mais tarde, até mesmo cortar utilizando uma faca sob supervisão

Reforça práticas de higiene: lavar as mãos, higienizar legumes e frutas e lavar utensílios ensinam muito sobre a importância da higiene para a saúde.

Como introduzir

A melhor forma de fazer as crianças participarem mais na cozinha é convidando-as para ajudar nas receitas do dia a dia ou até mesmo criar receitas divertidas juntos. Assim é possível criar um interesse maior.

Pensando nisso, trouxemos algumas receitas fáceis e deliciosas para serem feitas com a garotada.

Minibolo de cenoura com calda de chocolate

Ingredientes

  • 3 cenouras picadas
  • 3 ovos
  • 1 xícara de óleo
  • 1/3 de xícara de leite
  • 2 xícaras de açúcar
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de fermento em pó
  • Óleo e farinha de trigo para untar
  • 250 g de chocolate meio amargo picado
  • 1 caixa de creme de leite
  • Chocolate granulado a gosto

Modo de preparo

No liquidificador, bata a cenoura, os ovos, o óleo, o leite e o açúcar até ficar homogêneo. Transfira para uma tigela, adicione a farinha e o fermento, misturando com uma colher. Despeje a massa em forminhas individuais com buraco no meio, untadas e enfarinhadas; coloque uma ao lado da outra em uma forma grande. Leve ao forno médio, preaquecido, por 20 minutos ou até dourar levemente. Retire, deixe amornar e desenforme. Derreta o chocolate meio amargo em banho-maria e misture com o creme de leite. Espalhe sobre os bolinhos, decore com chocolate granulado e sirva.

Minipizza de pão de queijo

Ingredientes

  • 2 ovos
  • 2 xícaras de queijo de minas padrão (meia cura) ralado
  • 1/2 xícara de óleo
  • 1 xícara de leite
  • 250 g de polvilho doce
  • 250 g de polvilho azedo
  • Óleo para untar
  • 2 colheres de óleo
  • 1 cebola picada
  • 1 tomate picado
  • 500 g de salsicha em rodelas
  • 2 xícaras de molho de tomate
  • 300 g de queijo mussarela ralado
  • Orégano para polvilhar

Modo de preparo

Para o recheio, aqueça uma panela com o óleo, em fogo médio, e frite a cebola até murchar. Adicione o tomate, a salsicha e refogue por 3 minutos. Adicione o molho de tomate e cozinhe até ferver. Desligue e reserve. Para a massa, em uma tigela, misture os ovos, o queijo, o óleo e o leite. Acrescente os polvilhos, aos poucos, até formar uma massa homogênea. Se necessário, adicione mais polvilho doce. Divida a massa em bolinhas e abra com um rolo, formando disquinhos de 10 cm. Coloque um ao lado do outro em uma forma grande untada, espalhe o refogado de salsicha sobre eles e cubra com a mussarela. Polvilhe com orégano e leve ao forno médio, preaquecido, por 20 minutos ou até assar e dourar. Sirva.

Brownie recheado com sorvete

Ingredientes 

  • 5 colheres de manteiga
  • 2 xícaras de chocolate ao leite picado
  • 3 colheres de farinha de trigo
  •  3 colheres de chocolate em pó
  • 4 ovos
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 colher de bicarbonato de sódio
  • 1 e 1/2 xícara de sorvete de flocos amolecido
  • 500 g de chocolate ao leite fracionado picado
  • Margarina para untar

Modo de preparo

Derreta a manteiga e o chocolate ao leite picado em banho-maria ou no micro-ondas. Adicione a farinha, o chocolate em pó, os ovos, o açúcar e o bicarbonato, mexendo até obter uma massa homogênea. Despeje em uma forma untada e forrada com papel-manteiga untado, e leve ao forno médio (180 ºC), preaquecido, por 30 minutos ou até assar. Espere amornar, desenforme e corte em quadrados de 5 cm x 5 cm. Corte os quadrados ao meio no sentido do comprimento e recheie com uma porção do sorvete. Coloque um palito de sorvete no centro do docinho e leve ao congelador por 2 horas. Derreta o chocolate ao leite em banho-maria ou no micro-ondas e banhe os brownies, escorrendo o excesso. Disponha sobre papel-manteiga e leve ao congelador por mais 20 minutos antes de servir ou até o momento de servir.

Mais conteúdos

Farofa, um acompanhamento versátil e delicioso

Os tipos de farinha podem ser de mandioca, de milho, d’água, de pão e de rosca, para criar diferentes sabores.

chef flambando

A arte de usar bebidas alcoólicas para flambar

Flambar é um procedimento de cozimento no qual álcool é adicionado a uma panela quente para criar uma explosão de.

aligot

Conheça o Aligot, o purê chic que é uma explosão de sabor

O Aligot é uma especialidade gastronomia francesa que consiste em um purê de batatas mesclado com muito queijo, formando consistência.

bisteca-fiorentina

A venerada Bisteca Fiorentina

A Bistecca alla Fiorentina é um prato típico da Itália, da região de Toscana, onde é venerada. Seu preparo é.

arroz tio joão

Arroz soltinho e saboroso? Veja porque começa no campo

Para um arroz de alta qualidade, o planejamento acontece do campo à mesa para garantir uma qualidade superior, até chegar.

Pão de alho: casquinhas crocantes e recheios cremosos para seu churrasco

O pão de alho é um acompanhamento que faz muito sucesso em churrascos. É possível fazer versões caseiras extremamente gostosas