Dia do Avicultor: as vantagens do consumo de frango

Benefícios do frango

No dia 28 de agosto comemora-se o Dia do Avicultor. A avicultura é a atividade que envolve a criação de aves direcionada à produção de alimentos, em especial carne e ovos. No Brasil, frangos e galinhas são as aves mais utilizada com essa finalidade. Mas há também, em menor escala, criações comerciais de perus, patos, gansos, codornas e avestruzes.

O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. A avicultura é um dos setores mais importantes do agronegócio, sendo responsável por 3,5 milhões de empregos diretos e indiretos, com movimentação de R$ 36 bilhões em negócios e participação em 1,5% do Produto Interno Bruto (dados IBGE de 2016).

 

Leia mais: Conheça os pontos da carne e faça um churrasco perfeito

 

Benefícios da carne de frango

De acordo com o nutricionista Gabriel de Marco, há muitos benefícios no consumo de carne de frango. Elementos como ferro, fósforo, vitaminas e aminoácidos estão presentes nessa proteína animal e por isso sua presença na alimentação é importante. Os aminoácidos, por exemplo, contribuem fortemente para funções como o humor, a concentração e a atenção.
O frango também é rico em proteína e tem um baixíssimo teor de gordura saturada. Contém vitaminas A, B6, B12, C, E, D e K, além de apresentar tiamina, riboflavina, niacina e ácido fólico.

A carne de frango é indicada para quem está de dieta, por possuir uma quantidade de gorduras saturadas muito menor do que a carne bovina. Dê preferência aos cortes do peito, porque as quantidades de gordura saturada e colesterol são menores quando comparados a outros partes, como coxa e sobrecoxa. “Além disso, o percentual de proteínas chega a ser bem parecido com o apresentado pela carne bovina.”, conta Gabriel.

 

Leia também- Dia do feirante: dicas para fazer a feira sem erro

Receitas internacionais com frango

O frango aparece como ingrediente principal ou como complemento em diversas pratos incríveis da gastronomia de várias partes do mundo, com preparos diferentes e ousados. Confira algumas dessas receitas para inovar seu cardápio.

Frango à Kiev

A receita é típica da Ucrânia, cuja capital é Kiev.



Ingredientes

  • 2 filés de peito de frango sem osso 
  • 1 colher de manteiga de ervas 
  • Farinha de trigo
  • 3 ovos batidos
  • 6 fatias de pão de forma integral ralado
  • 1/4 xícara (chá) de azeite
  • 150g de manteiga em temperatura ambiente
  • 2 colheres de salsinha bem picadinha
  • Sal e pimenta-do-reino 
  • Alecrim 
  • Tomilho 

Modo de Preparo

Com uma faca, corte 2 filés de peito de frango sem osso no sentido do comprimento, sem separar as metades. Tempere com sal e pimenta-do-reino moída a gosto. No meio de cada metade de filé, coloque 15 g de manteiga de ervas, dobre os peitos de frango escondendo bem a manteiga. Em seguida, passe os filés na farinha de trigo, em 3 ovos batidos e, em seguida, em 6 fatias de pão de forma integral ralado. Em uma frigideira com azeite, doure os peitos de frango (já empanados) por 1 minuto de cada lado. Retire do fogo e transfira-os para uma grade sobre uma assadeira e leve ao forno alto preaquecido a 200 °C, por 10 minutos.

Tikka Masala

Receita tradicional da cozinha indiana

Ingredientes

  • 500g de filé de peito de frango
  • 1 limão
  • 1 cebola grande picada
  • 1 tomate picado
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 frasco de molho de tomate
  • 1 pedaço pequeno de gengibre
  • 1 pote de iogurte natural
  • 1 lata de creme de leite
  • 100 ml de água
  • ½ maço de coentro
  • 2 colheres de chá de pimenta do reino em pó
  • 2 colheres de chá de cominho em pó
  • 1 colher de chá de noz-moscada em pó
  • 1 colher de chá de açafrão em pó
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de chá de cardamomo em pó

Modo de preparo

Depois de cortar os filés de frango em cubos, coloque-os em uma tigela e tempere com sal, limão, as especiarias e o iogurte natural. Deixe marinar na geladeira por, no mínimo, 3 horas. Reserve um pouco das especiarias para uma segunda parte da receita. Após a marinada, doure o frango em uma frigideira com azeite. Não precisa dourar muito, pois o frango vai terminar de cozinhar com o molho.

Em uma panela, doure a cebola e o alho junto com o gengibre. Adicione o tomate e o resto das especiarias na panela, e mexa até o aroma subir. Despeje molho de tomate na panela e misture com o refogado. Adicione o frango, misture bem e, por fim, adicione a água. Deixe o frango terminar de cozinhar com o molho.Desligue o fogo e adicione o creme de leite. Finalize com o coentro picado.

Mais conteúdos

Farofa, um acompanhamento versátil e delicioso

Os tipos de farinha podem ser de mandioca, de milho, d’água, de pão e de rosca, para criar diferentes sabores.

chef flambando

A arte de usar bebidas alcoólicas para flambar

Flambar é um procedimento de cozimento no qual álcool é adicionado a uma panela quente para criar uma explosão de.

aligot

Conheça o Aligot, o purê chic que é uma explosão de sabor

O Aligot é uma especialidade gastronomia francesa que consiste em um purê de batatas mesclado com muito queijo, formando consistência.

bisteca-fiorentina

A venerada Bisteca Fiorentina

A Bistecca alla Fiorentina é um prato típico da Itália, da região de Toscana, onde é venerada. Seu preparo é.

arroz tio joão

Arroz soltinho e saboroso? Veja porque começa no campo

Para um arroz de alta qualidade, o planejamento acontece do campo à mesa para garantir uma qualidade superior, até chegar.

Pão de alho: casquinhas crocantes e recheios cremosos para seu churrasco

O pão de alho é um acompanhamento que faz muito sucesso em churrascos. É possível fazer versões caseiras extremamente gostosas