A rica cultura gastronômica do Oriente Médio

spices

A Culinária do Oriente Médio é uma mistura de diferentes estilos, entre eles a culinária mediterrânea, a culinária do Magreb e a cozinha árabe.

Cereais são a base da alimentação no Médio Oriente, principalmente o trigo, nas suas diferentes formas – farinha, semolina, triguilho usados em receitas como pão pita, börek ou yufka. Outras preparações incluem o cuscuz, que caracteriza a culinária do Magreb e o tabule. O arroz também é consumido em numerosas formas de preparação.

Leia mais – Primavera: confira pratos fresquinhos que combinam com a estação que acaba de chegar

No terreno das carnes, as aves, o cordeiro e devido a escassez de pastos faz com que a carne de vaca não seja muito habitual. Os laticínios também estão presentes com frequência.

Especiarias 

A cozinha do Oriente Médio é muito condimentada e variada nos sabores. É essencial quando se fala dessa cultura ao menos citar sobre algumas de suas especiarias.

Pimenta síria – é uma mistura de canela em pó, pimenta-da-jamaica, noz-moscada em pó e Cravo da índia

Cardamomo – fruto seco que em seu interior encontram-se sementes escuras, muito aromáticas

Açafrão – pistilo de uma flor muito comum no Mediterrâneo, a Crocus sativus. É de coloração laranja a vermelho

Águas de rosas – água com essência das flores é muito usada em doces

Zauba –é uma mistura levemente ácida que leva tomilho, manjerona, gergelim torrado e sumagre, que é um fruto vermelho usado moído para marinadas, arroz, saladas e o famoso kebab.

Zaatar –é uma erva originária do Mediterrâneo, usada em molhos e saladas.

Macis – é a membrana que envolve a noz-moscada, ambas possuem sabor semelhante, porém no macis o sabor é mais suave e o aroma mais acentuado

Páprica – pó obtido a partir da secagem de uma variedade de pimentão

Comidas típicas

Shawarma- lanche feito a partir do churrasco turco.

Quibe- pode ser assado ou frito, é feito com triguilho, conhecido como trigo de quibe. Esse trigo é misturado em cebola e carne de boi moída

Húmus- é uma pasta feita com grão-de-bico cozido e amassada com azeite, tahine, suco de limão, alho e sal

Sarma- uma folha de uva enrolada, recheada geralmente com arroz, carne e especiarias

Babaganuche um tipo de purê feito a partir de berinjela temperada com molho tahine, azeite e alho

Tabule – é um prato típico libanês e servido como aperitivo ou antes das refeições

Receitas

Salada Mediterrânea

Ingredientes

  • 1 cebola em cubos grandes
  • 1 berinjela em cubos grandes
  • 1 abobrinha em cubos grandes
  • 3 dentes de alho picado
  • 1 pimentão vermelho sem pele em tiras
  • 2 colheres de azeite
  • 500g de macarrão 
  • 2 colheres de sal
  • azeitonas pretas picadas
  • manjericão

Em uma assadeira, coloque a cebola, a berinjela, a abobrinha, o alho e o pimentão. Regue com o azeite e leve ao forno médio, preaquecido, por cerca de 10 minutos coberto com papel-alumínio. Retire o papel-alumínio, misture os legumes e deixe por mais cerca de 10 minutos. Em uma panela, ferva água e o sal. Assim que a água ferver adicione o macarrão e deixe-o cozinhar até ficar al dente (cerca de 8 minutos). Escorra e reserve. Em uma tigela, misture os legumes assados com o macarrão cozido, distribua as azeitonas e o manjericão e leve à geladeira por cerca de 2 horas. 

Falafel

Ingredientes

  • 2 copos de grão de bico cru
  • 6 dentes de alho amassados
  • 2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
  • coentro picado
  • salsa picada
  • ½ cebola média bem picada
  • 1 colher de cominho
  • 1 colher de páprica
  • 1 colher de pimenta síria
  • sal 
  • ½ copo de farinha de trigo 

Lave bem os grãos. Deixe o grão de bico de molho durante a noite, cerca de oito horas. Lave pela manhã e, depois, coloque na geladeira (com água) se você não pretender já cozinhar.Bata todos os ingredientes no processador de alimentos. Bata o suficiente até chegar a uma textura úmida e áspera. Adicione mais água e farinha se a textura ficar sem liga. Deixe na geladeira por 1 hora. Molhe as palmas das mãos para facilitar o preparo dos bolinhos. Molde bolinhos de 2 a 3 cm cada e mergulhe-os no óleo quente. A quantidade de óleo deve ser suficiente para cobrir – e até ultrapassar um pouco – os bolinhos. Frite em fogo médio para alto, por cerca de 5 a 7 minutos. Os bolinhos devem estar com uma cor marrom.

Shawarma

Ingredientes

  • 500g de patinho em tiras
  • maionese
  • batata palha ou frita
  • 4 pães sírios
  • 1 cebola picada
  • 1 tomate picado
  • 1 alface picada em tiras
  • sal e pimenta do reino
  • molho de alho

Tempere a carne vermelha com sal e pimenta do reino a gosto. Em uma panela, refogue a carne com azeite até dourar. Coloque a carne no meio do pão sírio, depois a cebola, o tomate, o alface e a batata palha ou frita. Enrole bem o pão árabe e leve em uma frigideira para torrar um pouco ambos os lados do shawarma. Sirva com o molho de alho.

 

Mais conteúdos

chef flambando

A arte de usar bebidas alcoólicas para flambar

Flambar é um procedimento de cozimento no qual álcool é adicionado a uma panela quente para criar uma explosão de.

aligot

Conheça o Aligot, o purê chic que é uma explosão de sabor

O Aligot é uma especialidade gastronomia francesa que consiste em um purê de batatas mesclado com muito queijo, formando consistência.

bisteca-fiorentina

A venerada Bisteca Fiorentina

A Bistecca alla Fiorentina é um prato típico da Itália, da região de Toscana, onde é venerada. Seu preparo é.

arroz tio joão

Arroz soltinho e saboroso? Veja porque começa no campo

Para um arroz de alta qualidade, o planejamento acontece do campo à mesa para garantir uma qualidade superior, até chegar.

Pão de alho: casquinhas crocantes e recheios cremosos para seu churrasco

O pão de alho é um acompanhamento que faz muito sucesso em churrascos. É possível fazer versões caseiras extremamente gostosas

Ouro da cozinha: as principais especiarias nativas do Brasil

Especiarias nacionais são frutos, raízes e sementes aromáticos. As especiarias possuem um papel fundamental na gastronomia no mundo todo